Uma palhaçada que deu certo

Comecei na área de eventos fazendo animação infantil

Para você que não conhece a história de como eu comecei na área de eventos vou contar um pouquinho aqui…

Aos 12 anos comecei a fazer aulas de teatro com uma professora de artes da escola. Essa professora fazia animação em festas infantis e fiquei curiosa para saber o que era isso. Eu e minha irmã resolvemos acompanhar a professora em algumas festas e acabamos aprendendo um pouco da arte de ser palhaço.

Fizemos algumas festas com essa professora. Minha irmã passou a fazer festinhas com uma amiga e isso rendia um dinheirinho a mais, que ajudava bastante na nossa independência financeira.

No meu caso continuei a fazer algumas festinhas esporadicamente, mas a coisa começou a ficar séria mesmo quando entrei na faculdade. Não tinha dinheiro para nada e tudo que ganhava ia para a mensalidade da faculdade.

Um dia uma amiga estava com um jornalzinho do metrô e falou “Tati, tem um anúncio para trabalhar de palhaço em festinhas e é perto da sua casa!” Opa! Recortei o anúncio e fui lá fazer o teste no sábado. O dono da empresa gostou tanto de mim que comecei a anuncio_evento_perfeitotrabalhar naquele dia mesmo.

Tinha festas infantis todos os finais de semana e isso ajudou muito na minha graduação, pois comecei a ter dinheiro para tirar as cópias e ir a algumas festas.

Como em todas as festas atuávamos em dupla, conheci a Kátia (uma outra palhaça) e nossas festas começaram a ser um sucesso!  Nós nem sabíamos que éramos tão boas! Os clientes começaram a solicitar somente nossa dupla e o dono da empresa começou a se incomodar com isso.

Quando tivemos a percepção do nosso sucesso, resolvemos montar um negócio nosso, éramos a dupla “Sorriso e Alegria” e isso durou até meus 25 anos! Foi maravilhoso! Aprendemos muito com cada evento e isso despertou em nós o gosto por organizar festas e oferecer aos clientes mais do que animação com palhaços ou personagens.

Fechamos contrato com Carrefour, empresas e centenas de festas infantis. Fizemos festas em mansões, condomínios maravilhosos, casas de bairro, escolas, favelas… era maravilhoso! Fazíamos cada festa com amor e isso fazia com que ganhássemos mais prazer com nosso trabalho e consequentemente ganhávamos mais e mais clientes.

Não importa se você é somente um prestador de serviços para eventos. O fato de trabalhar com eventos o faz um organizador, ao menos de parte do evento. Ser um organizador de eventos ou de parte dele faz com que seja necessário aperfeiçoar nossas técnicas para que o evento seja perfeito.

Pense nisso e invista em seus eventos!

Gratidão!

Tatiana Benites

Leave a Comment